gallery/logotipo veja

Edição 19 Março 1997 - nº 1487 - ano 30 - nº 11

gallery/whatsapp

     As novidades que estão chegando do exterior para equipar as casas fazem as mais recentes  modernidades nacionais parecer objetos pré-históricos. Até o Vaporetto, a maquininha italiana que faz limpeza e esterilização a vapor, e que provocou uma febre de faxina no país, já está ultrapassado. Hoje, quem gosta de limpeza bem feita tem de conhecer o Rainbow. O Rainbow, americano, é a última palavra em aspirador. Para começar, ele usa água como elemento filtrante.

gallery/veja rainbow

     Os aspiradores tradicionais usam sacos de pano ou papel e deixam escapar uma parte do pó que aspiram.O Rainbow tem um motor que gira numa velocidade tão grande que o ar passa pela água e sai limpinho do outro lado. A sujeira fica toda na água.

     Em oito minutos de funcionamento, o superaspirador filtra o ar de uma sala de 40 metros quadrados. Elimina até os cheiros, como o de cigarro.
 

     Limpeza a vácuo – funcionando como um aspirador normal, o Rainbow é muito mais potente do que existem no mercado brasileiro. Sua grande novidade é um equipamento extraordinário. Ele vem com sacos plásticos que permitem a limpeza de almofadas, colchões e estofados a vácuo.